Gazeta Policial - Mais que qualidade e inovação!: COLUNA POLICIAL #4 Gazeta Policial - Mais que qualidade e inovação!: COLUNA POLICIAL #4

    Vagas abertas. Clique aqui e Junte-se a nós preenchendo o formulário!
    COLUNA POLICIAL #4
    #4

    Salve! Nessa noite de quarta-feira (30), lançamos mais uma edição do Coluna Policial. Se você ainda não conferiu às outras três, basta ir no topo do site na parte de "colunas" e conferir todas. Hoje abordaremos um assunto um pouco chato, mas que ocorre com frequência: polícias que sofrem ataques: amadorismo ou triunfo do atacante?

    Entre idas e vindas de gerações de jogadores, surgem também diversos "ratos" do ramo - pessoas de mau-caráter que tentam apenas prejudicar polícias e policiais. Infelizmente ataques a dependências policiais por outros habbos, são quase inevitáveis, até porque são frutos da confiança e necessidade. Contudo, repentinos ataques à aquela empresa, acaba tornando-se questionável a eficácia de sua segurança, gerando uma fama de "noob" aos administradores da empresa.
    Dificilmente se ver ataques em polícias que estão a anos no ramo policial, quando ocorrem, essas empresas normalmente não sentem nenhuma consequência. Fruto disso? Bem, um denso corpo de funcionários, junto a estabilidade no ramo e um rápido contra-ataque de grupos de inteligência, acabam influenciando nisso. Porém, é um luxo que polícias iniciantes não podem ter, até mesmo pela falta desses principais fatores.
    Mas isso não é motivo para que uma polícia sofra diversos ataques de outro grupo. Sabe-se que a principal forma de um ataque ocorrer é através da confiança, que acaba fornecendo benefícios, como direitos em quartos, grupos ou sites de cadastros internos (fórum). Quando há muitos policiais com direitos, as chances de ataques aumentam, mas será que toda base precisa de muitos policiais com direitos?
    Já vimos muitas bases automáticas, que desprezam essa "necessidade" absurda de policiais com direitos e acabam trazendo mais segurança. É claro que o investimento seja um pouco maior, mas além da inovação, com certeza ataques físicos não serão comuns. Ao que tudo parece, em breve estaremos em uma nova era no hotel que não sabemos como será a quantidade de novos jogadores, se estes pararão ou continuarão. Mas se essa quantidade for reduzida, bem capaz que haverá guerras entre instituições para atrair público, como foi no começo do ramo policial. Portanto, veja bem as pessoas que estão ao seu lado.

    Em breve nos vemos com outro assunto.
    Twitter: @AnnulerH

    30 de setembro de 2020

    Gazeta Policial - Mais que qualidade e inovação!

    Annuler
    0 Comentários
    Lembre-se de colocar seu nick do Habbo no final do comentário,
    com isso aumenta a chance de entrar para o usuário destaque como um usuário ativo no fã site e ganhar pontos para prêmios em Raros!

    Postar um comentário